Celulares de marcas famosas apresentam falhas de segurança de fábrica 0 70

Celulares de marcas famosas apresentam falhas de segurança de fábrica

Relatório mostra que os modelos de quatro fabricantes apresentam falhas de segurança que pode dá controle total do smartphone à invasores.

A Kryptowire, empresa especializada em segurança de dispositivos móveis, mostrou na conferência Black Hat, realizada na última semana, um relatório com modelos de quatro fabricantes, que apresentam vulnerabilidades no sistema dos aparelhos e que comprometem a segurança dos dados e privacidade do seu usuário, além de também apresentar ameaças à própria integridade e funcionamento do terminal do dispositivo.

Segundo os especialistas, as falhas ocorrem devido a fragmentação e personalização realizada por várias fabricantes, que fazem de morro errado, provocando alterações em que os dispositivos ficam sujeitos a vulnerabilidades que afetam a integridade e segurança dos mesmos. O relatório aponta que as falhas foram encontradas em aparelhos das marcas Asus, LG, Essential e ZTE.

A Kryptowire, afirma que as ameaças que atacam esses dispositivos Android, fazem uso das brechas deixadas no sistema, conseguindo explorar o dispositivo, inserir vírus por meios de aplicações infectadas, à medida que o usuário vai expondo o uso na rede, sem qualquer forma protetiva.

A Kryptowire, afirma que as alterações implementadas pela Asus, ZTE, Essential e LG, deixa brecha para que terceiros possam tomar controle total do smartphone. A empresa afirma que o caso mais extremo, está no ZenFone V Live, da Asus, segundo as análises, um hacker pode capturar print screens, gravar a tela do dispositivo, realizar chamadas telefônicas, ler e editar mensagens, capturar dados bancários, entre muitas outras ações indevidas.

Em comunicado, A Asus disse que já trabalha em atualizações para correções de segurança, lei o a nota abaixo:

A Asus está ciente das recentes preocupações de segurança do Zen Fone levantadas e, está trabalhando diligentemente e rapidamente para resolvê-las com atualizações de software que serão distribuídas pelo para nossos usuários do Zen Fone A Asus está comprometida com a segurança e a privacidade dos usuários e nós encorajamos todos os usuários a atualizarem para o mais recente software do Zen Fone, para garantir uma experiência de usuário segura e protegida.

Quais aparelhos são afetados pelas falhas de segurança?

Esta falha no firmware afeta modelos como: o Essential Phone, LG G6, ZTE Blade Spark, ZTE Blade Vantage. A falha permite que aplicações, mesmo não tendo privilégios especiais, possam obter diversas informações sem que o usuário perceba.

Tanto a  ZTE, Essential e LG, já falaram sobre o caso, e ambas afirmam que já desenvolveram atualizações para solucionar o problema em seus aparelhos.

Fonte: The Verge

Previous ArticleNext Article

iPhones podem ter o sensor de impressão digital de volta 0 72

A Apple pode ter encontrado uma maneira de trazer os sensores de impressões digitais de volta para todos os iPhones

Sempre que a Apple lança um novo iPhone, fica aquela apreensão, será que vão botar isso, tirar aquilo?  No entanto, quem segue todos os rumores no mundo da tecnologia, sabe que a maçã mordida, gosta de aprontar com seus milhões de utilizadores.

Nesse período que vamos entrar a partir do próximo mês, começam a enxurrada de rumores sobre os dispositivos da Apple, pois é nesse período que a empresa Norte Americana junto com o SEO, Tim Cook e companhia, decidem mudar algumas coisinhas básicas ─ como remover a entrada de áudio de 3.5mm ─ para tocar o pânico Internet fora!

Foi mais ou menos nesse período do ano passado, que conhecemos o iPhone X, a versão de comemoração dos 10 anos do iPhone da maçã. As muitas mudanças foram até positivas, como o design arrojado e bonito, a construção em aço é apelativa e robusta e, uma nova tela OLED era tudo aquilo que faltava nos dispositivos da Apple.

Mas o que causou o pânico geral… foi remoção do Touch ID e a implementação do Face ID. A Apple decidiu livrar-se do botão principal, e assim o sensor de impressão digital em vez de ir para a traseira, desapareceu completamente. O que deixou muito fãs da marca um pouco em choque e preocupados.

O Touch ID era conhecido na indústria como o ‘Standard’ dos sensores de impressão digital, A Apple não foi a primeira a implementar este método de autenticação, mas a sua solução era bem acima da concorrência.

Especulava-se que a Apple estava tentando uma forma implementar um sensor de impressão digital na tela, em paralelo com o Face ID. Porém, nada feito e, o iPhone X chegou ao mercado sem um dos seus “divisor de águas”.

Já sabemos que todos os modelos de 2018 irão virão com o Face ID em detrimento do Face ID. Por isso, a tecnologia irá aparentemente morrer com o iPhone 8. O que rumores apontam agora, é que a Apple continua a desenvolver uma solução que pode permitir voltar o Touch ID, e na tela do aparelho sem a necessidade do botão home.

Segundo o pessoal do site “Patently Apple”, a empresa desenvolveu uma nova tecnologia, que irá permitir adicionar capacidades de leitura de impressão digital, a aparelhos sem a necessidade do uso de um botão “Home”.

A notícia não é lá essas novidades toda, visto que várias fabricantes lançaram aparelhos com sensores de impressão digital óticos na tela de seus dispositivos.

A ideia da Apple, é bastante similar aos sensores já disponíveis atualmente no mercado. A tática baseia-se na utilização de câmeras debaixo de uma camada da tela, capazes de capturar uma imagem 3D da impressão digital do utilizador.

Como já sabemos que a Apple, assim como qualquer outra empresa de tecnologia, cria e patenteia várias técnicas que nunca serão lançadas, de já adiantamos, que isto talvez nem se concretize, ou, sim. Vamos esperar mais notícias.

Fonte: Patently Apple

O Samsung Galaxy S10 não terá suporte a redes 5G 0 90

A informação foi revelada para a imprensa em uma entrevista ainda no lançamento do Galaxy S9.

 Ainda nem saiu da forma direito, o Galaxy S9, e os rumores sobre o Galaxy S10, já causam euforia. A décima edição da linha S, deve chegar na data de comemoração dessa variante, que completará dez anos em 2019.

O próximo ano, será o ano da internet 5G, época que a nova forma de conexão de internet, entrará de vez no mercado. Mas, infelizmente, o Galaxy S10 não irá ter suporte para a nova conexão 5G, e isto não é um rumor, é uma confirmação da própria Samsung.

O chefe da divisão mobile da Samsung, DJ Koh, revelou a informação para a imprensa logo depois do lançamento do Galaxy Note 9. Outra novidade, é que a empresa irá ser a primeira a lançar um smartphone dobrável no mercado, assim eles falam.

“Galaxy S10 não irá ser o primeiro smartphone 5G da Samsung, essa honra caberá a outro modelo”, DJ Koh. Toda via, nada se sabe que modelo é este, nada foi falado a respeito por Koh. Porém já há rumores para os candidatos, um é o suposto “telefone dobrável Galaxy F” que deve chegar em algum momento no primeiro semestre do ano, que provavelmente deve ser revelado no final de 2018 ou início de 2019, ou, o Galaxy Note 10, que será lançado em agosto ou setembro de próximo ano.

Segundo Koh, o smartphone dobrável da Samsung, dará início a uma era totalmente nova. “No futuro imediato, não existirá qualquer mudança no lançamento da série S na primeira metade do ano, e na linha Note, na segunda metade do ano.”

Com respeito ao 5G, ao que tudo indica, os fornecedores de rede móvel Sul Coreanos, estão a planejando lançar o 5G em março de 2019. A Samsung está trabalhando para que seja a primeira fabricante a disponibilizar um aparelho 5G no mercado.

Fonte: BGR

Imagens

Veja mais