Fortnite para Android não será distribuído na Play Store 0 1619

Fortnite para android é um game do gênero tiro em terceira pessoa da Epic Games. Centrado em um cenário limpo durante o dia e de luta à noite.

A Epic Games anunciou nesta sexta-feira (3) que a versão de Fortnite para Android não será distribuída na Play Store, loja oficial de apps do Google. O jogo poderá ser baixado em seu site oficial, por meio de um instalador que os usuários baixam para ter acesso ao game, e poder instalar em seu smartphone.

Fortnite é um game do gênero tiro em terceira pessoa da Epic Games. Centrado em um cenário limpo durante o dia e de luta à noite, é o primeiro jogo da Epic para Unreal Engine 4, da própria Epic, e ganhou fama pelo seu chamado modo grátis “Battle Royale”.

A versão de Fortnite para Android ainda não tem data de lançamento, porém se sabe através de rumores, que o game sensação do momento, poderá ser lançado junto com o Samsung Galaxy Note 9, por um período de 30 dias de exclusividade no novo top de linha da empresa sul-coreana, que será lançado na próxima quinta-feira dentro e alguns dias.

A Epic Games, produtora do Fortinite, afirmou que a decisão de não lançar o game na Play Store, tem dois motivos principais. O primeiro deles, confirmado pelo CEO Tim Sweeney, é de manter um relacionamento direto com os gamers no máximo de plataformas possível. “O ótimo da internet e da revolução digital é, que isso é possível, agora que as lojas físicas e os distribuidores intermediários não são mais necessários” pontua Sweeney ao The Verge. No PC, o Fortnite já é distribuído atualmente no próprio launcher da empresa, em vez da tradicional plataforma Steam, finaliza.

O outro motivo, tem a ver com as altas taxas cobradas pela Google, coisa na casa de 30% de todo o faturamento gerado pela distribuição de qualquer app disponibilizado na Play Store. A Epic Games não está a fim de ver o Google abocanhar esses 30% de taxa com o game sendo disponibilizado na Play Store. “É um alto custo, em um mundo em que que os 70% para os desenvolvedores de jogos precisam cobrir todo o custo de desenvolvimento, operação e suporte desses jogos”, comentou Sweeney.

Ele argumenta que em videogames a conta pode fazer sentido, mas que, em plataformas móveis, “30% é desproporcional ao custo dos serviços que essas lojas fornecem, como processamento de pagamento, banda larga de download e serviço de atendimento ao consumidor”.

No ano passado o Fortnite foi lançado na App Store, para o iOS. A Epic Games, explica que esta seria uma maneira de fornecer um acesso fácil aos usuários. A Apple não permite baixar apps que não sejam aprovados primeiro pelos processos de revisão interna da empresa e distribuídos na loja oficial, o que torna tudo mais segura e confiável para os usuários.

A Epic Games, teve faturamento de US$ 15 milhões nas vendas, só nas primeiras três semanas para iOS. Esses valores mostram que Fortnite tem potencial grande para seguir crescendo em dispositivos móveis, com o lançamento para Android, a empresa espera quebrar um novo tabu. E a decisão de não levar o game para a Play Store pode influenciar mais desenvolvedores a fazer o mesmo no futuro. Seria este o início de um novo divisor de águas?

Previous ArticleNext Article

Battle for Azeroth, vende milhões de cópia no dia de lançamento 0 1312

Battle for Azeroth, vende milhões de cópia no dia de lançamento

Battle for Azeroth é uma nova edição do jogo para pc World of Warcraft Battle, que não tinha uma grande atualização desde 2016.

Foi só correr a notícia que a Blizzard lançaria uma nova edição do World of Warcraft, para milhões de fãs se anteciparem para comprar a nova versão do jogo para computador.

A alta venda do game no seu dia lançamento, mostra que o MMRPG continua bem vivo, visto que a sua nova edição “Battle for Azeroth” está a vendendo feito doce!

O anúncio feito pela Blizzard, mostra que mais recente edição do World of Warcraft Battle  a “Battle for Azeroth” vendeu 3.4 milhões de cópias no dia do seu lançamento.

As vendas bateram a “Legion”, que conseguiu vender 3.3 milhões de unidades no seu primeiro dia. A Battle for Azeroth foi lançada há duas semanas, é provável que o número total de vendas seja agora bem superior.

Contudo, a venda da nova edição Battle for Azeroth, é apenas metade da história do World of Warcraft Battle, o jogo é considerado o MMRPG  mais popular do mundo.

O que se imagina por enquanto, é que ex-jogadores devem ter voltado a pagar as suas subscrições para voltar a jogar o melhor MMORPG da história.

O trabalho da Blizzard agora, vai ser manter esses jogadores interessados no jogo pra pc. Pois, apesar destes números serem impressionantes, é tradicional nos dias atuais que possa existir sempre um grande número de vendas em lançamentos.

A medida que os jogadores vão se cansando do jogo, os números começam a estabilizar, e as venda baixam.

A Blizzard firmou também que vai adicionar uma nova “raid”, a Battle for Azeroth, já em setembro. Isto para somar com a “Stormgarde”, o primeiro nível da nova atividade “Warfront”.

Nesta, equipes de 20 jogadores podem trabalhar em conjunto numa gigante batalha co-op entre Horde e Aliança.

E aí, ficou ansioso para a comprar a edição do World of Warcraft Battle e ou voltar a pagar a inscrição?

Assassin’s Creed Odyssey não terá modo Multiplayer 0 49

Assassin’s Creed Odyssey, não terá modo Multiplayer

O game Assassin’s Creed Odyssey, que leva a franquia para a Grécia, está marcado para ser lançado ainda em outubro deste ano.

A Ubisoft, afirma que desistiu do modo multi player para edição Assassin’s Creed Odyssey, que será lançado em breve. A empresa resolveu focar apenas no modo de campanha do Assassin’s Creed Odyssey. O que vai deixar o modo multiplayer de lado, neste resto de ano.

Assassin’s Creed Odyssey, franquia para a Grécia
Assassin’s Creed Odyssey, franquia do jogo em cenários na Grécia

A notícia foi confirmada pela própria empresa, de que o modo multi- jogador não está mais nos planos da Ubisoft.

O diretor da empresa, Scott Phillips, responsável pela edição Assassin’s Creed Odyssey, esteve em uma entrevista com o “Game Informer”, e respondeu diversas perguntas, entre essas, a edição que está prestes a ser lançado no mercado, Odyssey.

Scott confirmou que o modo iria ficar na gaveta, e também citou que nunca esteve em cima da mesa, um modo Battle Royale, para o novo Assassin’s Creed Odyssey, o que contraria especulações do início do ano.

Muitos afirmavam que o modo multi-player não funciona bem dentro dos jogos da saga Assassin’s Creed, e com a afirmação desta semana, fica provado que a Ubisoft também chegou à esta conclusão. Fontes chegaram até a afirmarem que o modo multi-lpayer, era uma ambição da Ubisoft, para a Odssey, mas a equipe de desenvolvimento, enfim esclareceu tudo e concluíram, que seria melhor existir um foco maior na história e no jogo propriamente dito.

O game “Assassin’s Creed Odyssey”, que leva a franquia para a Grécia, deverá lançado em outubro. O anúncio foi feito na conferência da Ubisoft antes da feira de games E3 2018.

Veja também:

World of Warcraft: Battle for Azeroth está chegando

Fortnite para Android não será distribuído na Play Store

Fortnite para Android na pré-venda do Galaxy Note 9

Fonte: SegmentNext

Imagens

Veja mais